The Real L Word

Cultura Lésbica – Séries – The Real L Word

Esta série é relativamente recente, já que o seu lançamento foi feito a 20 de Junho de 2010, tendo sido considerada a mais revolucionária de sempre, pois para além de ser uma série, ou de em termos de transmissão ser assim apresentada, na realidade é um reality show, que mostra a vida real de uma série de mulheres, todas elas com a mesma orientação sexual ou semelhante.

Depois do sucesso que a série The L Word teve ao longo de vários anos, a sua produtora executiva, Ilene Chaiken, recriou a série, mas desta vez com um formato de reality show, apesar do tema ser o mesmo e da base ser semelhante, agora esta série segue a vida real, contando o dia-a-dia de seis lésbicas de Los Angeles. Conta já com 3 temporadas, sendo que cada uma recebe participantes diferentes, mulheres reais, com vidas completamente normais e as suas profissões, que aceitam entrar no programa e contar tudo sobre as suas vidas pessoais.

Em cada uma das temporadas, são feitos castings de todas as que pretendem entrar na série, analisando a sua vida pessoal, emocional e profissional, se tiver algum interesse e se permitir dar mais história a todo o enredo. Aqui, ao contrário do que acontece com as outras séries, não há um guião para que elas se possam guiar, já que tudo ocorre naturalmente, apenas com a diferença de que estão algumas câmaras a acompanhar o dia-a-dia, para não perder pitada de todos os problemas emocionais e pessoais que todas vão sofrer.

A troca de namoradas, as traições, os problemas profissionais são apenas alguns dos exemplos do que vai ver nesta série, independentemente da temporada que está a ver, já que parece ser um clássico as mulheres trairem as suas namoradas assim que aparecem na televisão, mas há também os casais que duram imenso tempo e cada vez mais unidas. Um exemplo disso surge logo na primeira temporada, com um casal a tentar engravidar para começar a sua família juntas, passando por algumas fases menos boas e quase que as desmotiva, mas nada as abala e elas acabam mesmo por conseguir o seu objectivo, estando neste momento à espera do segundo filho, segundo notícias internacionais. Por outro lado, na primeira temporada também conhecemos Whitney e Sara, um casal que todos acreditam nunca ter futuro já que estão constante a traírem-se mutuamente, havendo até momentos de brigas em bares. Mas na realidade, já fora do reality show, elas continuam juntas e até já se casaram, mostrando que toda a pressão pode ter causado maior parte dos problemas.

Algumas destas mulheres acabam por passar de temporada para temporada, mas com uma presença mais leve, principalmente aquelas que mais história trouxeram para os seus fãs. Outras, as mais recentes, acabam por surgir e quase que inevitavelmente juntam-se na noite com as mais antigas, criando discussões e atritos que são muito comuns na comunidade lésbica, mas que acabam sempre por ter uma resolução.

Muitos fãs de L Word acham este reality show uma autêntica farsa, principalmente porque há sempre uma tendência para comparar personagens, havendo até algumas semelhanças, mas na realidade a fama e a popularidade desta está a chegar bem perto da sua originária, mesmo com as diferenças notadas por todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *